Comida de Santo - Ajeum Orixá

AddThis Social Bookmark Button

Comida de Santo

 

 Antes de começar a preparar sua oferenda, faça uma reza e converse normalmente com seu orixá ou entidade, fazendo seus pedidos e durante a preparação, vá mentalizando seu pedido ou seu agradecimento.


Caso você tenha o assentamento do Orixá em casa coloque a oferenda junto a ele, caso não tenha, observe as orientações junto às receitas e caso não tenha nenhuma recomendação, coloque em seu altar ou num lugar limpo, podendo ser até em cima da mesa preparada previamente para este fim.

As oferendas para Exu são sempre colocadas junto ao seu assentamento ou no portão de sua casa ao lado esquerdo de quem entra ou no seu quintal ou na rua (encruzilhada, campo limpo, uma praça...), NUNCA dentro de casa.

Após 24h, a oferenda poderá ser "despachada". Colocar em um mato limpo e guarde a vasilha para a próxima oferenda.

Obs: Sempre ofereça o agrado com 1 vela e 1 copo com água ou a bebida do Santo.

 

 




EXÚ

PADÊS PARA EXU E POMBAGIRA
De mel = ±250gr de farinha de mandioca misturado com mel, sempre misture com a mão esquerda.


De dendê = ±250gr de farinha de mandioca misturado com azeite de dendê, sempre misture com a mão esquerda.


De água = ±250gr de farinha de mandioca misturado com água, sempre misture com a mão esquerda.


De cachaça = ±250gr de farinha de mandioca misturado com cachaça, sempre misture com a mão esquerda.


De bombom = ±100gr de farinha de mandioca misturado com 7 bombons tipo sonho de valsa ralados, sempre misture com a mão esquerda e coloque mais três bombons por cima para enfeitar.


OBS: os padês feitos de líquidos devem ficar úmidos.

 



AGRADO PARA EXU ABRIR SEUS CAMINHOS
Padê de dendê + 1 cebola grande + 1 bife sem pele e sem gordura + 1 charuto + 1 caixa de fósforos + 1 garrafa de aguardente + 7 pimentas vermelhas + 1 vela branca.
Faça o padê sempre mentalizando seu pedido e coloque num alguidar. Corte a cebola em rodelas e refogue ligeiramente no dendê, faça o mesmo com o bife (espere o dendê esquentar e coloque o bife e vire-o rapidamente). Cubra o padê com as rodelas de cebola e no centro coloque o bife, enfeite com rodelas de cebola crua e as sete pimentas. Ofereça ao seu Exu de fé fazendo seus pedidos, coloque um pouco de cachaça no chão em volta do alguidar e deixe o restante na garrafa, acenda o charuto e arrume-o na borda do alguidar, acenda a vela e saia sem olhar para trás.
Este agrado pode ser colocado numa encruzilhada aberta, num campo limpo ou em casa no caso de quem tem casa de Exu ou no quintal próximo ao portão do lado esquerdo de quem entra, nunca dentro de casa.

FAROFA DE AZEITE-DE-DENDÊ
Frite numa frigideira com azeite-de-dendê uma porção de cebola (ralada ou picada). Despeje farinha de mandioca torrada. Mexa bem. Querendo, também pode fritar junto com a cebola alguns camarões secos.

FAROFA DE ÁGUA QUENTE
Põe-se farinha crua num prato fundo e faz-se uma cavidade no centro, com o dedo. Ali se vai despejando água bem quente com sal, mexendo sempre até a farofa ficar bem soltinha. (Também se pode juntar um pouco de azeite-de-dendê na água quente.)

AGRADO PARA “ADOÇAR” POMBAGIRA
Faça um padê de bombom, enfeite com 3 bombons e uma rosa (cor de sua preferência) sem o cabo no meio do padê. Abra uma sidra coloque numa taça, derrame um pouco no chão, acenda um cigarro e arrume na borda do alguidar ou num cinzeiro, acenda uma vela branca, faça seus pedidos e/ou agradecimentos e saia sem olhar para trás. Este agrado pode ser colocado numa encruzilhada aberta, num campo limpo ou em casa no caso de quem tem casa de Exu ou no quintal próximo ao portão do lado esquerdo de quem entra, nunca dentro de casa
.

 

ABERTURA DE CAMINHOS (Exu 7 Encruzilhadas)

Prepare um banho quinado (esfregado) erva abre-caminho + elevante + 1 molho de salsa. Reserve.

Pegue os seguintes ingredientes:

7 ovos crus

7 velas vermelha e preta

7 moedas em uso

7 padês de mel

7 folhas de mamona

7 caixas de fósforo

Passar por 7 encruzilhadas abertas deixando em cada uma: 1 folha de mamona onde você vai colocar em cima 1 ovo (passe no corpo sem quebrar) + 1 moeda (passe no corpo) + 1 padê de mel (± 1 copo de 200gr) + 1 vela acesa (fora da folha) e 1 caixa de fósforo, fazendo seus pedidos de abertura de caminhos.

Volte para casa e tome um banho de higiene e depois jogue, vagarosamente, este banho do pescoço para baixo. Coloque uma roupa limpa e clara. Acenda o Anjo da Guarda

 

OBS: Esta abertura de caminhos pode ser pedido a qualquer Exu de encruzilhada.

 

 

OGUM
FEIJÃO PARA OGUM
200g. de feijão cavalo (ou mulatinho) + 1 cebola + dendê + 7 camarões grandes Cozinhe o feijão e tempere-o com cebola refogada no dendê, coloque em um alguidar e enfeite com os camarões fritos no dendê. Faça seus pedidos e ofereça a Ogum.

AGRADO PARA OGUM
Cará + mel de abelha + milho de galinha + feijão fradinho + folha da fortuna. Assa o inhame na brasa. Torra-se o feijão e depois o milho, separados. Coloca-se o inhame de pé com a casca num alguidar, de um lado coloca o milho e do outro o feijão (em volta do cará), enfeita com folhas de fortuna em volta. Ofereça a Ogum com uma nota de dinheiro de baixo valor e peça abertura de caminhos, prosperidade, emprego e dinheiro.

CARÁ
Cozinhe 1 cará e descasque com a mão. Coloque num alguidar pequeno de pé, enfeite com 21 mariôs ou 21 moedas de baixo valor. Coloque em volta milho e feijão fradinho torrados separados. Regue o cará com mel e ofereça ao orixá fazendo seus pedidos.

EFUM
Farofa de mel - mistura-se a farinha de mandioca com mel de abelhas e pronto. Pode-se colocar num Oberó (alguidar), nos pés de Ogum, ou nas estradas, pedindo a Ogum que adoce os seus caminhos e suas estradas.


OXÓSSI / CABOCLO


FRUTAS PARA OXOSSI

Em um alguidar ou cesta coloque 7 tipos de frutas bem bonitas (exceto abacaxi, mimosa, limão), enfeite com folhas de goiaba e coco cortado em tirinhas.

 



AXOXÔ

Milho Vermelho (galinha), Coco, 1 alguidar É a comida mais comum de Oxossi - cozinha-se o milho vermelho somente em água, depois deixa-se esfriar, coloca-se num oberó e enfeita-se por cima com fatias de coco com casca.

AGRADOS PARA CABOCLO

1- Abóbora moranga, assada na brasa, com mel de abelha.

2- Aipim ou mandioca, assado na brasa, com mel de abelha.

3- Ebô (canjica) com fumo de rolo desfiado e coco.

4- Mingau de milho vermelho com coco.

5- Milho vermelho com coco e fumo de rolo desfiado.

6- Amendoim cozido em água, com mel de abelhas.

7- Vinho branco, tinto, moscatel ou água.

 

ALUÁ DE OXÓSSI

1 garrafa de vinho tinto doce + 1 colher de sopa de gengibre ralado + açúcar. Misture o vinho com o gengibre e adoce a gosto. Deixe guardado por 24h antes de usar.


XANGÔ
AMALÁ

200gr. de quiabo + 1 rabada cortada em doze pedaços + 1 cebola + azeite de dendê + 250g. de farinha de acaçá. Cozinhe a rabada com cebola e dendê. Em uma panela separada faça um refogado de cebola e dendê, separe 12 quiabos e corte o restante em rodelas bem fininhas, junte a rabada cozida. Com a farinha, faça uma polenta e com ela forre uma gamela, coloque o refogado e enfeite em volta (como se fosse uma coroa) com os 12 quiabos enfiando-os no amalá.


AGEBÓ

16 quiabos bem picadinhos + ½ copo de água + um fio de azeite doce + 2 colheres de açúcar + 1 colher de erva-doce (opcional). Coloque tudo numa vasilha e bata com a mão direita na sua direção. Enquanto bate vá fazendo seus pedidos e agradecimentos. Quando estiver bem batido coloque numa gamela e ofereça a Iroko.


OXALÁ
AGRADO PARA OXALÁ 1
(EBÔ)

Canjica Branca, Mel, Algodão, Água.Cozinha-se a canjica somente em água. Depois de bem cozida, coloca-se numa vasilha branca, coloca-se bastante mel de abelhas e cobre-se com algodão.

AGRADO PARA OXALÁ 2 (EBÔ)

200g. de canjica branca + 01 cacho de uva itália (uva branca) + Azeite de oliva.Cozinhe a canjica, coloque numa tigela branca, tempere com oliva, mel e um pouco de açúcar, enfeite com o cacho de uva.

INHAME ACARÁ

Cozinha-se inhame e depois se amassa feito um purê. Fazem-se bolinhos na mão e coloca-se em pratos brancos. Oferece-se a Oxalá

OFERENDA DE FRUTAS PARA OXALÁ

Dentre as diversas frutas que podem ser oferecidas em seus agrados, destacamos: Coco verde ou seco, (sempre que se oferecer coco seco, é imprescindível que se retire a película escura que fica agarrada à polpa da fruta); uvas brancas ou rosadas; laranja lima; lima da Pérsia; fruta-do-conde; melão; mamão; fruta-pão (uma de suas preferidas); pêssegos; frutas secas como: passas; tâmaras; figos; nozes; avelãs etc. (Observação: as frutas demasiadamente ácidas ou de cascas e polpas vermelhas ou pretas, devem ser evitadas).

 

 

OBS: nunca use sal ou azeite de dendê nas comidas de Oxalá e nunca ofereça bebida alcoólica; suas bebidas são água ou leite.


OBALUAIÊ / OMULU

PIPOCA PARA OBALUAIÊ (DOBURU)
100g. de milho pipoca + coco cortado em tiras sem casquinha + areia de praia/na falta areia fina de construção peneirada.
Em uma panela ou pipoqueira, aqueça bem a areia da praia, coloque o milho pipoca e estoure normalmente. Coloque num alguidar. Enfeite com coco cortado em tirinhas.

FEIJÃO PRETO
Cozinha-se o feijão preto só em água e depois refoga-se cebola ralada, camarão seco e azeite de dendê, misturando tudo no feijão.

PARA AGRADAR OMOLU
Cozinha-se, em água de poço sem sal, meio quilo de tremoços. Pega-se os tremoços já cozidos, coloca-se numa panela de barro e junta-se uma cebola roxa picada; cominho em grãos; uma folha de louro; um pouquinho de orégano; um pouco de gengibre ralado e azeite de dendê. Deixa-se ferver por meia hora e coloca-se, dentro da panela, uma porção de fubá de milho vermelho bem fino. Vai-se mexendo enquanto cozinha, até que engrosse como um mingau. Retira-se do fogo e, depois de frio, oferece-se a Omolu na mesma panela. Depois de sete dias leva-se a uma mata e se enterra com panela e tudo.

IROKO / TEMPO

AGEBÓ

Muito ofertado para Xangô, porém é agrado de Iroko. (ver em Xangô)

FAROFA PARA TEMPO/IROKO
200g. de farinha de mandioca torrada + 1 vidro de mel + 1 pepino
Coloque a farinha de mandioca num alguidar, vá colocando o mel e com as mãos faça uma farofa, corte o pepino em três partes no sentido longitudinal, coloque as fatias do pepino sobre a farofa de maneira que eles fique em pé, regue com mel.

 


OSSÃE

ABACATE PARA OSSÃE
1 abacate + 200g. de amendoim + 200g. de açúcar + fumo em corda + 7 folhas de louro
Corte o abacate no meio e tire a semente, coloque as duas parte numa travessa com a polpa virada para cima. Numa panela misture o amendoim e o açúcar e mexa até derreter o açúcar, derrame essa mistura sobre o abacate. Enfeite com pedaços de fumo em corda e as 7 folhas de louro.


COMIDA DE OSSÃE
250gr de milho de galinha bem cozido + 7 lascas de fumo de rolo + 1 cebola grande ralada + camarão seco socado + mel + azeite-de-dendê.
Refogue o milho no azeite com camarão e cebola. Coloque num alguidar com o fumo de rolo ao redor e regue com bastante mel.

A comida ritualística mais conhecida seria o padê de mel, coberto de fumo de rolo servido com um coité de cachaça e entregue com uma vela preta e amarela.

 

OXUMARÊ
SERPENTE DE OXUMARÊ

200g. de batata doce + dendê (ou azeite doce) + Feijão fradinho
Depois de cozinhar a batata doce descasque, regue com dendê e amasse-a até formar uma massa homogênea. Em um alguidar molde duas serpentes em forma de círculo, sendo que a cauda de uma encontre-se com a cabeça da outra. Com o feijão fradinho forme os olhos e enfeite o restante do corpo com alguns grãos de feijão fradinho (a seu critério), regue com dendê e ofereça ao orixá.

INHAME PARA OXUMARÊ

Milho vermelho, feijão fradinho, azeite-de-dendê, camarão seco, 1 oberó, 1 inhame (grande), ovos cozidos, 1 coco, mel.
Cozinha-se o milho só em água. Separado, cozinha-se o feijão fradinho, também só em água. Refoga-se o feijão com Azeite-de-Dendê, cebola ralada e camarão seco socado. Coloca-se o feijão em metade de um oberó e, na outra metade o milho vermelho. Frita-se um inhame e coloca-se por cima em fatias, em volta, enfeita-se um ovos cozidos em rodelas, fatias de coco e coloca-se bastante mel de abelha por cima.


OFERENDAS A OXUMARÊ
Feijão fradinho; Milho vermelho em grãos; Cebola; Azeite de dendê; 1 prato colorido.
Cozinha-se o feijão fradinho em água. Separadamente, cozinha-se o milho vermelho também em água. Depois, juntar o feijão e o milho, misturar bem e depois colocar num refogado de cebola ralada e azeite de dendê que deverá estar pronto. Coloque no prato e coloque próximas as plantas oferecendo a Oxumarê e fazendo seus pedidos.



PRESENTE PARA IKÁ (AMOR E PROSPERIDADE)
1 alguidar forrado com folhas de mamona
14 velas amarelas
14 moedas lavadas
14 bolas de batata doce passadas no mel
14 ovos inteiros crus
14 acaçás desembrulhados.
Lave o alguidar e forre. Arrume a seu gosto. Ofereça em uma cachoeira até ao meio dia, de preferência pela manhã, de frente para o Sol. Coloque roupa clara. Ao chegar em casa, se quiser, tome um banho de água de flor de laranjeira.



LOGUN EDÉ
PEIXE PARA LOGUN
200gr de milho vermelho cozido + 200gr de feijão fradinho cozido + azeite-de-dendê + 1 bagre + pó de camarão seco + sal a gosto + 1 cebola grande ralada + folhas de bananeira. Tempere o peixe com dendê, cebola e pó de camarão. Enrole em folha de bananeira e asse no forno. Refogue a cebola no azeite e o pó de camarão. Misture o feijão e mexa. Arrume o peixe assado no centro do prato de barro, ao lado coloque o refogado de feijão e do outro lado o milho.


COMIDA DE LOGUN
Arrume num alguidar com metade de axoxô e metade com omolocum, pois Logun aceita as ofertas de comida de Oxossi e Oxum.

PAMONHA DE MILHO VERDE (LOGUN E OXOSSI)

6 espigas de milho verde + duas colheres de sopa de açúcar + 1 colher de sopa de leite + palha do milho para embrulhar as pamonhas.
Rale as espigas. Passe a massa numa peneira para tirar as cascas do grão. Misture o açúcar e o leite, fazendo uma massa grossa.
Prepare uns pacotinhos com a palha e coloque um pouco da massa dentro.
Leve ao fogo dentro de uma panela com água e deixe ferver até as palhas ficarem amareladas. Escorra e coloque em um alguidar. quando estiverem sequinhas e frias ofereça ao orixá.


IANSÃ / OYÁ
Além de Acarajé, sua comida principal, Oyá também come:
Curau de Milho / Balaio de Frutas / Ekuru / Acaçá / Farofa de Camarão / Bolo de Fubá

Balaio de Frutas: Menos Carambola, Abóbora, Cajá e Melão

ACARAJÉS PARA OYÁ/IANSÃ
200g. de feijão fradinho + 5 cebolas grande + 200gr. de camarão seco + azeite para fritar.
Deixe o feijão de molho e depois retire as cascas. Coloque no liquidificador junto com as cebolas e os camarões, depois coloque numa vasilha e bata com colher de pau até formar bolha (fica uma massa não muito mole). Deixe descansar coberto por um pano, depois bata mais um pouco. Numa frigideira coloque o dendê (ou azeite de oliva) e deixe esquentar bem, com a colher vá formando os bolinhos e fritando até dourar. Coloque-os num prato de barro e ofereça ao orixá.

CURAU DE MILHO
6 espigas de milho verde raladas + 1 xícara de açúcar mascavo + ½ Lt de leite de coco
Misturar os ingredientes em uma panela até cozinhar

BOLO DE FUBÁ
2 copos de açúcar + 4 ovos + 1 copo de leite de vaca + 1 garrafinha de leite de coco + 2 tabletes de margarina + 1 copo de farinha de trigo + 2 copos de fubá + 1 colher, das de sopa, de fermento em pó.
Bata a Margarina com açúcar até formar um creme. Junte as gemas e continue batendo até obter consistência cremosa. Acrescente o leite de vaca e o leite de coco. Misture bem e coloque a farinha de trigo, o fubá e o fermento, batendo bem até fazer "bolha". Finalmente coloque as claras em neve. Unte e enfarinhe uma forma. Despeje a mistura e coloque-a no forno quente por 20 a 30 minutos

FAROFA DE CAMARÃO
Farinha de mesa + 1 xícara de azeite de dendê + 1 cebola grande ralada + 250gr. de camarões secos.
Refogue a cebola no azeite e acrescente a farinha com o camarão socado. Coloque em uma travessa de barro e enfeite com camarões inteiros


OXUM
OMOLOKUM
100g. de feijão fradinho + 1 cebola + azeite de oliva + 5 ovos + camarão seco + 5 camarões inteiros.
Cozinhe o feijão fradinho. Refogue a cebola, azeite de oliva e o camarão. Misture ao feijão fradinho e coloque num recipiente de louça e enfeite com os 5 ovos cozidos cortados em quatro e os 5 camarões e regue com bastante azeite. Ofereça ao orixá pedindo crescimento, fartura e felicidade.


IEMANJÁ
MANJAR COM PEIXE
250g. de creme de arroz + 1 pescada inteira + azeite de oliva
Faça um mingau duro com o creme de arroz e água e uma pitada de sal. Limpe a pescada e asse-a na oliva. Coloque o mingau numa travessa de louça deixe esfriar e coloque a pescada assada sobre o manjar, regue com oliva.

MANJAR COM UVAS
2 colheres de sopa de maisena + 1 garrafinha de leite de coco + 1 garrafinha de leite + açúcar + 1 pitada de sal.
Leve tudo ao fogo até engrossar. Coloque numa forma e leve para geladeira. Ao oferecer à Iemanjá, enfeite com um cacho de uva verde (itália).

EBÔ-IYA (DIBÓ)
Canjica bem cozida + camarão seco + azeite doce + 1 cebola pequena ralada.
Coloque a canjica numa vasilha de louça branca e reserve. Refogue o camarão no azeite com a cebola ralada. Coloque o refogado por cima da canjica sem misturar.

EJÁ
Rale bastante coentro e cebola até formar uma pasta. Tempere com sal e suco de limão. Junte lascas de peixe cozido e azeite de dendê.


NANÃ
EBÔ PARA NANA
200g. de quirerinha branca + 1 coco + azeite de oliva
Cozinhe a quirerinha com bastante água para que ela fique meio "papa", tempere com oliva, coloque em uma tigela de louça, descasque e rale o coco com ele cubra a quirerinha.

EFÓ
200gr de camarão seco descascado + pimenta-malagueta em pó + 1 cebola + 1 pitada de coentro + 1 maço de língua-de-vaca (ou taioba, ou bertalha, ou espinafre, ou mostarda). Aferventa-se a língua-de-vaca, escorre-se na peneira, estende-se na tábua e bate-se bem com a faca, até ficar informe. Enxuga-se e estende-se na peneira para secar toda a água. Cozinha-se no azeite-de-dendê puro, temperado com todo o resto. E a panela fica tampada, para suar. Come-se com arroz.


PAÇOCA DE AMENDOIM
Amendoins torrados e moídos com farinha de mandioca crua + açúcar e uma pitada de sal.

OBS: Nana também recebe: calda de ameixa ou de figo, melancia, uva, figo, ameixa e melão. Tudo depositado à beira de um lago ou mangue.


OBÁ
MORANGA PARA OBA
1 moranga + 200g. de camarão limpo + um maço de língua de vaca + 1 cebola + dendê
Cozinhe a moranga inteira. Depois de cozida abra um circulo em cima da moranga, tire a tampa e as sementes. Corte a língua de vaca em tiras (como se corta couve), refogue com cebola, dendê e os camarões, coloque o refogado dentro da moranga e ofereça a Obá.


OVOS DE OBÁ
6 ovos + 1 molho de cheiro-verde + 1 cebola + azeite de dendê + sal.
Coloque todos os temperos na panela com azeite-de-dendê e refogue. Abra os ovos em cima do refogado e vá colocando azeite-de-dendê quente por cima ou coloque no forno até os ovos ficarem duros.


ALUÁ DE OBÁ
1 garrafa de vinho moscatel + 1 ovo cru + uma pitada de noz-moscada + um pouco de xarope de groselha + açúcar a gosto.
Bata tudo junto no liquidificador e ofereça a Oba.


EWÁ
PARA AGRADAR EWÁ
Torra-se feijão fradinho, milho vermelho e amendoim. Coloca-se num alguidar e cobre-se com mel de abelhas, vinho branco e canela em pó. Arreia-se aos pés do Orixá ou na beira de um lagoa, com duas velas acesas.


COMIDA DE EWÁ
Prepare os seguintes ingredientes, em pequenas quantidades, separadamente e, depois de prontos misture-os num alguidar: Pedaços (cubinhos) de coco cozido + feijão preto refogado (só os caroços) + feijão fradinho refogado + batata doce cozida em pedaços + milho de galinha cozido + banana-da-terra frita em cubinhos + camarão seco (lave-os para retirar o excesso de sal).




OUTRAS RECEITINHAS

FARINHA DE EBÔ (PARA FAZER ACAÇÁ)
Dê uma quebrada e deixe de molho 1kg de canjica branca em água por 3 dias sempre trocando a água. Depois de 3 dias escorra a água e deixe o milho secar. Passe no moedor ou no liquidificador até virar pó. Peneire e guarde. Está pronta a farinha de acaçá.


ACAÇÁ (DE EXU A OXALÁ)
Farinha de acaçá (que você mesma deve fazer) + folha de bananeira. Faz-se um mingau duro. Passe pedaços quadrados de folha de bananeira por cima do fogo e coloque pequenas quantidades do mingau e faça embrulhos e deixe esfriar. Desembrulhe quando for oferecer ao Orixá. Todos os orixás recebem acaçá de Exu a Oxalá.


CARURU (IBEJI)
1kg de quiabo lavados e secos de um dia para o outro e picados em cruz na hora de fazer 2 cebolas grandes raladas 1 pedaço de gengibre ralado a gosto Sal a gosto 250gr de castanha de caju batido no liquidificador 250gr de amendoim batido no liquidificador 300gr de camarão seco em pó (deixe alguns inteiros) Azeite-de-dendê 7 quiabos inteiros Refogue a cebola ralada com o azeite e o gengibre, depois coloque o quiabo picado e os inteiros. Coloque um pouco de água e deixe cozinhar. Então, coloque os camarões, o amendoim e a castanha. Mexa sempre com a colher de pau. Dê uma correção de sal e deixe apurar. O caruru é comida de Xangô, mas deve ser servido nas festas de Ibeji, para agradecer as graças alcançadas. Quem for o premiado com o quiabo inteiro deverá ajudar no caruru do ano seguinte.


JACICOU OU JATICOM (OXUM)
Refoga cebola ralada com azeite doce; mistura camarão fresco e cozinha (sem cabeça ou casca). Quando amolecer e o caldo estiver grosso, esmague os camarões com um socador. Prepare um arroz branco e misture, com a mão, no refogado de camarão + farinha de mesa até os dedos ficarem limpos. Formam-se bolos que são fritos de preferência no azeite de dendê.


AIPIM DE CABOCLO
Alguns pedaços de aipim descascados e cozidos em água e sal. Quando estiver macio, escorra, coloque num prato de barro e regue com mel.


AIPIM COM CARNE (CABOCLO)
Escalda-se um pedaço de carne seca para retirar bem o sal. Pica-se em pequenos pedaços (pode dessalgar já picada). Rala-se uma cebola grande e frita no azeite doce até quase corar, junta a carne seca, folhas de louro e deixa cozinhar. Quando a carne estiver quase cozida, junte alguns pedaços de aipim descascado e deixa cozinhar até ficar macio. Deixe esfriar e ofereça aos caboclos ou seu caboclo de fé, num prato de barro, com um copo de vinho moscatel e uma vela branca.


AIPIM DAS ALMAS
Alguns pedaços de aipim descascados e cozidos em água pura. Depois de cozidos, deixe esfriar, arrume em um alguidar e regue com melado.


MINGAU DAS ALMAS
½ litro de leite + 2 ½ colheres de sopa de farinha de acaçá + ½ xícara de açúcar. Misture todos os ingredientes e leve ao fogo, mexendo sempre até dar ponto de mingau liso, bem mole.coloque numa tigela branca e, depois de frio, coloque na casa das almas ou num cruzeiro de igreja, ou num campo limpo com uma vela branca oferecendo às almas.


ROUPA VELHA (PRETO VELHO)
Dessalgue um pedaço de carne seca e pique. Refogue uma cebola ralada no azeite doce e coloque a carne seca picada e sem sal e deixe cozinhar bem. Depois de bem cozida, desfie a carne. Esta carne desfiada pode ser misturada com farinha de mesa ou com feijão preto (caroço).


FEIJÃO DE AZEITE (OGUM)
Cozinha o feijão mulatinho ou fradinho (sem desmanchar) em água. Escorre-se. Refoga-se 1 cebola ralada no dendê, junta camarão seco batido. Misture no feijão que deve ficar tudo sequinho.

 

ALUÁ DE ABACAXI garaxó, de abacaxi ou milho (bebida servida nas festas em algumas casas de Axé do nordeste e em algumas manifestações culturais do Brasil)
Cascas de um abacaxi + 1 ½ xícara de açúcar + 2 litros de água + 1 pedaço de gengibre ralado a seu gosto.

Lave as cascas do abacaxi e coloque-as dentro de um pote com a água e o gengibre. Deixe fermentar por 3 dias, sem fechar completamente o pote para que o gás possa sair. Depois deste tempo, coe e acrescente o açúcar e ofereça aos participantes e convidados. No Candomblé antigo não se servia bebida alcoólicas.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar