Orunmila Ifá

ORÍ – A LUZ DIVINA QUE NOS HABITA

ORÍ – A LUZ DIVINA QUE NOS HABITA

 

 

 

 

 

 

 

 

1ª. Parte: O Poder do Orí

 Enquanto as religiões ocidentais do ramo judaico-cristão fundamentam sua fé em rogos e promessas a Deus e santos / entidades à fim de obterem proteção e a satisfação de seus desejos, Ifá - talvez a religião mais antiga da Terra, já que a ciência concluiu que o homo sapiens teria surgido na África - baseia-se numa concepção praticada hoje pela moderna psicologia.

Leia mais:ORÍ – A LUZ DIVINA QUE NOS HABITA

Culto de Orunmila Ifá. Sociedade dos Babalawos

 

QUE RELIGIÃO É ESTA ?


"MINHA RELIGIÃO É UM CASAMENTO COM MEU DEUS, E MINHA ALIANÇA EU USO NO PESCOÇO."

SOMOS FILHOS DA CRIAÇÃO E DE OLODUNMARE;
SOMOS O NOSSO ORÍ, A CÉLULA DIVINA QUE ALIMENTA TODAS AS NOSSAS EXISTÊNCIAS, O QUE ESTA CONOSCO EM TODAS AS NOSSAS VIDAS, MESMO ANTES DE NASCERMOS E EM TODAS AS VEZES QUE VIERMOS A TERRA. O ORISÁ QUE NOS ACOMPANHARÁ ONDE NENHUM OUTRO ESTA AUTORIZADO, MESMO DEPOIS QUE ESTA VIDA SE ENCERRAR; EPA ORÍ !

Leia mais:Culto de Orunmila Ifá. Sociedade dos Babalawos

Exú. Afinal quem é Exú, este Grande Orixá?

 

Afinal quem é Exú, este Grande Orixá?.
Por:  Babalawo Ifa Olaifa Tunde Alberto Junior Xamâ.
Extraido da Apostila Ifá Olokun a Pratica de Jogo de Buzios.

 



Infelizmente Exú perdeu seu verdadeiro significado ao chegar no Brasil, os negros escravos, tiveram que sincretizar com santos católicos seus Orixás, para poderem praticar sua religião, Exú foi quem mais sofreu neste processo, a igreja e os católicos associaram Exú ao Diabo, a coisa ruim.


Na crença Yoruba, Olórum Deus Criador, não possui um opositor a ele como a maioria das religiões, o mal é um sentimento humano, Exú seria o seu fiscal, guardião dos portais entre o Òrun (Além) e o Àiyé (Terra), além de ser o guardião do corpo, e, neste aspecto é chamado de Bara, é o mensageiro dos Orixás.


Exú é o princípio dinâmico que habita dentro de nós, está força que impulsiona a vida é tão importante e fundamental que todos Orixás tem seu Exú, não como escravo como alguns Candomblés acreditam.

Leia mais:Exú. Afinal quem é Exú, este Grande Orixá?

Orunmilá é enganado por Exu mas termina vencedor.

 

Orunmilá é enganado por Exu mas termina vencedor.

 



Orunmilá juntou cento e vinte e um sacos de búzios e entregou todo esse dinheiro a Exu,
Exu, que desejava ver a ruína de seu companheiro, comprou para Orunmilá uma escrava velha e inútil.
Três dias depois, a velha morreu.
Orunmilá aceitou tudo com calma e não reclamou.

Leia mais:Orunmilá é enganado por Exu mas termina vencedor.

Orunmilá disputa com seu escravo quem é o melhor adivinho

Orunmilá disputa com seu escravo

Quem é o melhor adivinho.

 

 

Orunmilá era considerado o maior adivinho do lugar.

 Um dia, sua mulher pediu que comprasse um escravo, cujo preço fosse de dezesseis sacos de búzios.

 Quando rumava para o mercado, onde ele atendia sua clientela, encontrou uns pescadores que pescavam.

 Orunmilá disse-lhes ser capaz de adivinhar quantos eram os peixes já pescados.

 E assim fez e ganhou para si duzentos peixe, que mandou fossem enterrados, devendo-se marcar o local com folhas verdes.

Leia mais:Orunmilá disputa com seu escravo quem é o melhor adivinho