Orunmila Ifá

Orunmilá trava longa contenda com seu escravo Ossaim

 

Orunmilá trava longa contenda com seu escravo Ossaim

 

 

Orunmilá precisava de um escravo e foi ao mercado comprar um.

Entre todos, escolheu Ossaim.

Levou Ossaim para casa e o mandou desmatar suas terras, onde deveria preparar o plantio.

Ossaim retornou sem ter cumprido as ordens de Orunmilá.

Questionado sobre o seu desmando, Ossaim explicou que a maioria das ervas tinha o poder de cura e assim não podia ser derrubada.

Orunmilá interessou-se por esse conhecimento e nomeou Ossaim para acompanhá-lo nas sessões de adivinhação.

Não tardou para que as rivalidades surgissem,principalmente porque Ossaim não aceitava ser submisso a Orunmilá.

Leia mais:Orunmilá trava longa contenda com seu escravo Ossaim

CRIAÇÃO DO MUNDO SEGUNDO IFA - Parte 01

 

CRIAÇÃO DO MUNDO SEGUNDO IFA - Parte 01

 

 

No princípio do mundo, só existia OLOFIN e o nada. Somente ele e sua altíssima vibração. Não existia nem tempo nem espaço. Então, ele decidiu pôr em marcha o tempo, originando inúmeras vibrações, suaves, para tecer o Universo. OLOFIN soprou mais forte e, a partir das partículas de seu hálito, se formaram as estrelas e os planetas. OLOFIN emitiu finos assobios dos quais surgiram as diferentes divindades. Ele determinou que as coisas estivessem separadas umas das outras: adiante, atrás, em cima e embaixo, originando o espaço. OLOFIN fez com que tudo tivesse um passado, um presente e um futuro.

Leia mais:CRIAÇÃO DO MUNDO SEGUNDO IFA - Parte 01

CRIAÇÃO DO MUNDO SEGUNDO IFA - Parte 02

 

CRIAÇÃO DO MUNDO SEGUNDO IFA - Parte 02

 

 

Nunca devemos esquecer as recomendações que Orumilá costuma dar, para que as más influências não afetem nosso espírito com a desgraça. Porque ainda que tentemos nos esconder numa roupagem de santidade os maus pensamentos, o que ganhamos ou perdemos nos dá a realidade dos méritos adquiridos. Ainda que as entidades possam ajudar a prosperar, é importante tomar muito cuidado para que sua influência não absorva a pessoa por completo.
 

Por isto dizemos que, para resolver problemas nobres, trate Exu com respeito. Não faça pacto com as forças do mal para não cair em suas redes. Não imite os defeitos das entidades superiores, eles sofrem as calamidades da vida material, foram criados com propósitos diferentes e gozam da felicidade de seus planos celestiais. Se deixar crescer em você a maldade, corre o risco de, ao morrer, ter seu espírito afastado do conhecimento universal, convertendo-se em mais um instrumento das entidades malévolas.

Leia mais:CRIAÇÃO DO MUNDO SEGUNDO IFA - Parte 02

Orixá Olokun

 

Orixá Olokun.

Na Mitologia Yoruba, Olóòkun ou Olokun - No Benin é considerado como do sexo masculino e em Ifé como sendo do sexo feminino, divindade do mar. Proprietário/a (Olo) dos Oceanos (Okun).

 

Olokun é o Orixá Senhor do mar, é andrógino, metade homem e metade-peixe, de caráter compulsivo, misterioso e violento. Tem a capacidade de transformar. É assustador quando irritado. Na natureza é simbolizado pelo mar profundo e é o verdadeiro dono das profundezas do presente, onde ninguém jamais esteve. Representa os segredos do fundo do mar, como ninguém sabe o que está no fundo do mar, apenas Olokun. Também representa a riqueza do fundo do mar e da saúde. Olokun é um dos Orixás mais perigoso e poderoso do culto aos Orixás.

Leia mais:Orixá Olokun

Ìyàmì Òsòrònga Minha Mãe Feiticeiras.

 

Ìyàmì Òsòrònga Minha Mãe Feiticeiras.

Na mitologicamente Yorubana as Ìyàmì são conhecidas como “ÈLÈYÈ” (mulher
pássaro), aquelas que usaram mal seu poder mágico e por isso tiveram de
entregar para Òrìsàálà o seu Igba-Nla (cabaça mágica recipiente que guarda o poder), para que ele fizesse um bom uso do poder da criação.

Esta e uma das lendas de Ìyàmì Òsòrònga.

Sabemos que elas estão com energia positiva elas são chamadas e tratadas como
ÌYÀMÌ (Grande Mãe), mas quando estão na forma negativa são aplacadas e
chamadas ÀJÈ (Bruxas).

Leia mais:Ìyàmì Òsòrònga Minha Mãe Feiticeiras.