Pajelança Juremeira

Ayahuasca a Força que vem do Fundo da Floresta.

 

Ayahuasca a Força que vem do Fundo da Floresta.

A Ayahuasca é conhecida por 
    diversas culturas antigas pelos nomes: yajé, caapi, natema, pindé, 
    kahi, mihi, dápa, bejuco de oro, vine of gold, vine of the spirits, 
    vine of the soul e a tradução para a nossa língua portuguesa 
    ficou em hoasca. 
No Brasil ficou muito conhecida com 
    o nome de “chá do Santo Daime” ou “vegetal”. 
    Na linguagem Quechua, aya significa espírito ou ancestral, e huasca 
    significa vinho ou chá (Luna & Amaringo, 1991; Grob et al., 1996). 
    Este nome, tanto se aplica à bebida preparada por meio da mistura do 
    jagube(Banisteriopsis caapi ) que é um cipó, e da chacrona ou 
    rainha da floresta (Psycotria Viridis ), que é um arbusto aonde usamos 
    dela apenas as folhas.
		

Leia mais:Ayahuasca a Força que vem do Fundo da Floresta.

No Rastro do Xamanismo. Historia e Essencia.

No Rastro do Xamanismo. Historia e Essencia.

Muitos pesquisadores comprovam que as origens do Xamanismo se encontram bem antes das civilizações conhecidas e vão, muito além da proto-história (Proto-História é o período da Pré-História anterior à escrita, que compreende a idade dos metais. Proto historia aconteceu a mais de 4000 antes de cristo, pré-historia e menos de 4000 anos antes de cristo). Foram encontradas muitas evidências de prática xamânicas desde o período paleolítico (A chamada Antiga Idade da Pedra ou Idade da Pedra Lascada marca o primeiro e mais longo período da História, pois abrange os tempos desde o aparecimento do homem até aproximadamente 12 a 10 mil anos atrás.) , há mais de dez mil anos. O marca o verdadeiro surgimento da consciência humana na face de nosso planeta, a Terra, junto a esta consciência brota a necessidade de se explicar a si mesmo e descobrir os mistérios entre o Céu e a Terra.

 

Leia mais:No Rastro do Xamanismo. Historia e Essencia.

O que é um xamã? E de onde surgiu esse termo?

O que é um xamã?

E de onde surgiu esse termo?

A antropologia adotou esse termo "xamã" porque as primeiras pesquisas que foram realizadas em torno do xamanismo se deram a partir do povo Tungu, natural da Sibéria. Onde um homem de cura ou curador é chamado de "saman" (alguém que está em transe, excitado, comovido, elevado). Os antropólogos então acabaram por generalizar o termo xamã para identificar os povos aborígenes ou grupos específicos de curadores, que muitos são chamados de Pajes,curandeiros, bruxos, bruxas, mágos etc. Na verdade em cada grupo ou povo onde o xamanismo ainda é vivo e praticado, as praticas xamãs essencialmente são muito parecidas, manipulan as forças da natureza, fogo, terra, ar e agua, utilizam o transe para entrar em contato com os espíritos da natureza e de seus antepassados.

 

Leia mais:O que é um xamã? E de onde surgiu esse termo?